O brasileiro que fez cirurgias para se tornar asiático

capa

Um homem brasileiro com cabelos loiros e olhos azuis surpreendeu a todos quando decidiu passar por uma série de cirurgias para ficar parecido com um asiático, além de ter mudado seu nome. Xiahn Nishi, de 25 anos, tem um amor por grupos de K-Pop e séries de drama coreanas, e após uma viagem de intercâmbio em Seul (Coreia do Sul) e fazer muitos amigos lá, ele se tornou obcecado com a ideia de se tornar um coreano.

Um ano na Universidade de Dongseo na Coreia do Sul foi o suficiente para que o rapaz desejasse pintar o cabelo de preto e ter seus olhos puxados. “Eu colocava meus dedos nos olhos e puxava. Era assim que eu queria que meus olhos fossem”, disse ele ao jornal Zero Hora.

Originalmente chamado de Max, o gaúcho de Novo Hamburgo já passou por mais de 10 operações nos olhos para obter a aparência desejada, gastando mais de 8 mil reais para ficar muito parecido com um homem asiático.

Sem Título-4
Antes e depois: Max (à esquerda) virou Xiahn (à direita).

“Eu acho que agora sim eu estou lá, eu só preciso esperar desinchar para ter certeza do resultado final”, disse ele. “Eu não estava com medo de que algo daria errado, só estava com medo de ficar com cicatrizes nos olhos, mas deu tudo certo. Minha visão é perfeita.”

Agora, a única feição de Xiahn que talvez entregue o fato de que ele era um homem branco é o formato de seu nariz. Mas o rapaz está muito parecido com um oriental de qualquer forma; junto com a cirurgia para mudar seus olhos, Xiahn usa lentes de contato olho escuro e tinge o cabelo de preto.

843

Sendo sincero com seus maiores críticos, o rapaz escreveu no Facebook: “Independentemente da religião da pessoa, e se você acredita ou não em vidas passadas, para mim você tem apenas uma vida, e você deve ser quem você quiser ser.”

O camaleão foi ‘curtido’ milhares de vezes no Facebook, e disse que ficou fascinado pela vida na Coréia do Sul desde os seus 19 anos. Ele encontrou cirurgiões no Brasil para realizar a série de cirurgias e disse que, enquanto seu pai apoiou suas escolhas, sua mãe foi menos compreensiva.

“Para mim, alterar a aparência é algo normal. As pessoas devem ser quem elas querem ser”, disse ele.

~ by dineyinsights on April 9, 2015.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: