Pagode Chinês na quinta boa vista.

Não não, não tem nada a ver com a música.

Pagode é um termo em português que se refere a um tipo de torre com múltiplas beiradas, comum na China, no Japão, nas Coreias, no Nepal e em outras partes da Ásia. Em muitos contextos, é usado como sinônimo de estupa. Muitos dos pagodes foram construídos para fins religiosos, geralmente budistas, por isso localizavam-se dentro ou próximo a templos.

Em alguns países, pode referir-se a outras construções religiosas. Por exemplo, no Vietnã, “pagode” é um termo genérico significando “local de trabalho”.[necessário esclarecer] [carece de fontes]

Acredita-se que o desenho original dos pagodes tenha nascido entre os Newar do Vale de Catmandu, no Nepal. A partir de então, essa estrutura arquitetônica espalhou-se pela Ásia, adquirindo diversas formas à medida em que detalhes específicos de cada região iam sendo incorporados ao modelo original.

Pagodes costumam atrair raios devido à altura. Essa tendência fez com que as pessoas vissem os pagodes como lugares carregados espiritualmente. Muitos deles têm uma antena no topo, conhecida como “finial”, que tem valor simbólico dentro do budismo: por exemplo, ela pode conter formas representando um lótus. O finial também funciona como um para-raios, protegendo o pagode de danos que os raios possam causar.

~ by dineyinsights on February 19, 2015.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: