MAO E A INFLUÊNCIA NO COMPORTAMENTO DOS CHINESES

Tudo começou com a observação do comportamento dos chineses no metrô e o meu interesse para entender o motivo que os leva a sempre tentar ser os primeiros só foi aumentando.

O metrô é um ótimo lugar para estudar o comportamento humano, pois lá se concentram todos os tipos de pessoas: ricos e pobres, diferentes raças, credos, culturas, idades etc. unidos pelos mesmo objetivo de ir de um lugar a outro. Ali dentro todo mundo é igual e estão recebendo o mesmo serviço, independente de quem sejam.

Enfim, ter que pegar o metrô na cidade mais populosa do mundo todos os dias só aumenta a minha curiosidade pelos hábitos dos chineses. Primeiro porque não há respeito pelas filas. Todos tentam entrar no metrô sem esperar as pessoas de dentro saírem. Não há respeito pelos assentos preferenciais e poucas vezes vi alguém levantando para deixar um velhinho sentar, mas pelo contrário, já vi disputa de assento com velhinhos.

O metrô é só um exemplo deste comportamento de ser o primeiro, de pensar em si próprio, de ser competitivo.

Buscando mais informações sobre a história da China para tentar entender o que leva os chineses a agirem assim, descobri que no início da década de 50, com a mudança no governo e filosofia – quando o partido comunista regido por Mao Zedong (nascido no mesmo dia que eu, mas em 1893 :P) começou a governar, eram distribuídos tickets de racionamento à população que deviam ser trocados por comida, roupas e utilidades domésticas. Os tickets de racionamento eram uma forma de controlar as necessidades da população, mas tiveram o papel invertido e se tornaram uma maneira de controlar a população através de suas necessidades. Eles duraram até meados da década de 80, quando já era possível obter os artigos de necessidade básica sem o uso dos tickets.

Conversando com um chinês de uns 30 anos ontem numa pizzaria, ele me explicou que antes do partido comunista tomar o poder, os chineses eram muito educados, e que os japoneses e coreanos tinham os chineses como um modelo de educação. Entretanto, quando o comunismo ganhou poder e as pessoas eram obrigadas a usar estes tickets de racionamento para sobreviver, eles tinham que dar um jeito de conseguir o máximo possível de tickets, que aparentemente não eram distribuídos de forma igualitária entre as famílias. Resultado: os chefes de família tinham que tirar o máximo de pessoas da frente para conseguirem garantir seus tickets para sustentar suas famílias.

Esse pequeno gesto acabou influenciando na maneira como eles passaram a encarar as situações desde então: ou eles eram os mais ágeis e espertos para serem os primeiros, ou ficavam sem comida.

Para mim isso faz total sentido quando se trata de pessoas mais velhas, mas por que ainda alguns jovens mantém o mesmo comportamento de serem sempre os primeiros a fazer as coisas?

~ by dineyinsights on August 10, 2014.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: